A rua fala, ferve, transborda em informações, sentimentos e histórias. Fotografar as ruas das cidades por onde passo é uma das coisas que mais gosto de fazer. É na rua que está o povo e suas histórias. É na rua que está a força de uma nação, que pode transformar e derrubar governos. E é nas ruas que vamos mudar o difícil momento político-social que nossa democracia está passando. 
Fotógrafos de rua não são apenas testemunhas oculares do cotidiano das cidades; são, ao mesmo tempo, contadores de histórias e protagonistas dessas histórias. São protagonistas porque, nos momentos  que antecedem o disparo do obturador, colocam sua cultura, experiência de vida e referências visuais na decisão de o quê e como fotografar; são autores e atores. Estar sempre atento ao que acontece ao seu redor, e ser capaz de tomar decisões rápidas são requisitos  primordiais para ser um fotógrafo de rua, além do domínio dos conceitos de composição e fotometria.

You may also like

Back to Top